O Conto Budista Que Nos Ensina a Ignorar Quem Nos Machuca

O Conto Budista Que Nos Ensina a Ignorar Quem Nos Machuca

Este conto budista nos mostra que muitas vezes nossa felicidade pode depender da nossa capacidade de ignorar aqueles que nos prejudicam.

Estamos tão acostumados a reagir por impulso quando alguém nos machuca, que acabamos envenenando o nosso dia ou, às vezes, a nossa vida. Este conto budista nos mostra que muitas vezes nossa felicidade pode depender da nossa capacidade de ignorar aqueles que nos prejudicam.

Quantas vezes nos sentimos ofendidos, tristes, irritados com o comportamento dos outros? Estas reações são comuns e fazem parte do comportamento normal do ser humano. O problema surge quando os sentimentos negativos começam a aflorar e acabam nos desgastando.

Aprender a ignorar uma pessoa tóxica não é simples, mas envolve uma profunda mudança de atitude. Devemos aprender a abrir a mente e a ver as coisas sob um outro ponto de vista. Nesse sentido, falaremos da “aceitação radical”, uma técnica desenvolvida pela psicóloga Marsha M. Linehan da Universidade de Washington.

 

Monk MeditatingDo que se trata a aceitação radical?

Trata-se de aceitar algo sem julgamentos. Vamos dar um exemplo: quando alguém nos irrita com suas palavras ou com seus gestos, é porque nós mesmos esperamos determinados comportamentos daquele alguém, e rejeitamos um comportamento diverso daquele que tínhamos imaginado.

Segundo Linehan, essa rejeição alimenta a frustração, o ressentimento, o ódio ou a tristeza e, ao contrário, quando se pratica a aceitação radical, se aceita simplesmente o que quer que tenha acontecido, sem entrar no julgamento do mérito. A distância psicológica cria uma espécie de escudo e garante que, em uma ou em outra situação, não sejamos emocionalmente prejudicados.

 

O CONTO BUDISTA: Para ser feliz, é preciso ignorar

Dizem que uma vez, um homem se aproximou de Buda e, sem dizer uma palavra, cuspiu-lhe em seu rosto. Seus discípulos ficaram super bravos.

Ananda, o discípulo mais próximo, perguntou a Buda:

– Dê-me permissão para dar a este homem o que ele merece!

Buda se enxugou calmamente e respondeu a Ananda:

– Não. Vou falar eu com ele.

E juntando as palmas das mãos em sinal de reverência, Buda disse ao homem:

– Obrigado. Com seu gesto, você permitiu que eu visse que a raiva me abandonou. Estou extremamente agradecido. Seu gesto também mostrou que Ananda e os outros discípulos ainda são assaltados pela raiva. Obrigado! Somos muito gratos!

Obviamente, o homem não acreditou no que ouviu, ele se sentiu comovido e angustiado. Ele não conseguia explicar o que tinha acontecido. Ele foi acometido por um tremor por todo o corpo e seu suor molhou os lençóis onde dormiu. Em sua vida, nunca havia conhecido um homem com um carisma tão forte. O Buda modificou todos os seus pensamentos e todo o seu modo de viver e de agir.

Na manhã seguinte, o homem voltou ao mestre e jogou-se aos seus pés. Então o Buda se voltou para Ananda:

– Você viu? Esse homem voltou para me dizer algo. Esse gesto de tocar meus pés é a maneira dele de me dizer algo que não poderia ser explicado em palavras.

O homem olhou para o Buda e disse:

– Perdoe-me pelo que fiz com você ontem.

O mestre respondeu que não havia nada para perdoá-lo e explicou-lhe:

– Como o fluxo do Ganges faz com que suas águas nunca sejam as mesmas, então nenhum homem é o mesmo de antes. Eu não sou a mesma pessoa com a qual você esteve ontem. E nem mesmo aquele que me cuspiu, está agora aqui. Não vejo ninguém tão bravo quanto a ele. Agora você não é mais o mesmo homem de ontem, você não está fazendo nada comigo, então não há nada de que eu possa te perdoar. As duas pessoas, o homem que cuspiu e o homem que recebeu o cuspe, já não estão mais aqui. Então, agora vamos falar de outra coisa.

 

O que Buda nos ensina com essa história?

A pessoa sincera e justa não tem motivos para reagir às ofensas porque estas provêm da imagem que uma mente distorcida pode ter, e não da realidade dos fatos. Então, se alguém se comportar mal com você, não deixe sua atitude alterar seu equilíbrio psicológico. Isso só prejudica você e à quem você dá muita importância.

Buda então nos ensina que as coisas podem mudar rapidamente, e também que devemos ter inteligência para compreender isso. Às vezes, passam-se meses antes das desculpas chegarem (se é que chegam), mas o mestre nos diz que não há motivo para levar a mal algo que, tendo passado, no presente já não existe mais.

Silêncio e Repouso: Duas Necessidades da Mente

Silêncio e Repouso: Duas Necessidades da Mente

Descansar o corpo e a mente, desfrutar de um sono profundo e reparador, um pouco de silêncio e algumas horas de solidão … Isso é quase um luxo nos dias de hoje; no entanto, também é necessário para a saúde.

“Vivemos na era do barulho. O silêncio está quase extinto”, afirma o filósofo e aventureiro Erling Kagge.

Silêncio e descanso são dois bens preciosos e ameaçados. Eles são um luxo, um presente, que às vezes nos damos quando as obrigações e compromissos permitem. No entanto, longe de ser um capricho, eles são, ao contrário, duas necessidades básicas para nosso bem-estar e, acima de tudo, para o equilíbrio mental.

Ovídio afirmou que qualquer vida em que não há descanso logo desaparece. A verdade é que o famoso poeta romano não estava todo errado, porque além do que se poderia pensar, a falta de descanso e de viver em ambientes estressantes e estimulantes prejudicam nossa saúde e afetam negativamente a qualidade de vida.

 

Resultado de imagem para silencio e repouso

 

A maioria de nós vive habitualmente imersa em situações em que reina uma constante cacofonia: tráfego, conversas, carros, aviões, trens, televisores e até mesmo o farfalhar constante do processador de nosso computador. Isso dá origem a um estado incessante de hiperatividade, capaz de alterar nosso humor, gerando irritação, fadiga, perda de concentração …

O aspecto mais estranho de tudo isso é que nos acostumamos com essa realidade. Dizemos a nós mesmos que é a coisa certa a fazer, que este é o ritmo da sociedade atual e que, portanto, devemos nos adaptar. Nesse mundo acelerado e hiperconectado, e até mesmo privado do sono, tornamos silenciosos dois bens de luxo e não descansamos mais ao alcance de todos.

Silêncio e Repouso, Nutrientes Para o Cérebro

Morte por excesso de trabalho é uma realidade . E embora ainda não exista um nome em português para defini-lo, outros países acostumados a essa realidade há muito tempo lhe deram um nome. No Japão é karoshi , na China é guolaosi e na Coréia é gwarosa . Para estas populações onde o estilo de vida é ditado pelos ritmos da indústria, do comércio e, mais geralmente, da produtividade, o silêncio e o descanso não são apenas um luxo, mas cada vez mais raros.

O que realmente acontece nesses países é um aumento considerável nas taxas de suicídio . Exaustão e desespero são tão fortes que muitas pessoas não vêem outra solução para sua realidade pessoal e escolhem o caminho mais dramático. Se permanecermos no Ocidente, a situação muda um pouco.

Na Europa e na América não há dados relevantes que liguem a sobrecarga de trabalho ao suicídio, mas sim a doenças cardiovasculares e altas taxas de depressão, ansiedade, estresse, insônia … De acordo com especialistas do setor, como o Dr. Michael Roizen, diretor da Cleveland Wellness Clinic, “Hoje o descanso é o hábito de saúde mais subestimado”.

O Cérebro Precisa de Calma e Silêncio

 

 

Sabemos que o barulho persistente e os sons incessantes de nossas cidades prejudicam a saúde e o humor. Em um estudo publicado em 1975 na revista Environment and Behavior, já se argumentava que as crianças que estudavam em áreas de Manhattan perto dos trilhos do metrô apresentavam quase um ano de atraso escolar. Os dados são certamente significativos.

Além dos sons externos, no entanto, há também outro tipo de murmúrio que afeta nosso bem-estar: o martelar obsessivo de nossos pensamentos, preocupações, objetivos a serem alcançados. Mesmo esse ruído não é saudável e nos priva de calma.

O silêncio e o repouso configuram-se como dois antídotos vitais capazes de modular o cérebro para que ele possa alcançar a harmonia e que a mente se reconcilie e esteja em harmonia com sua essência mais autêntica.

Silêncio e Descanso: O Sono é um Luxo Cada Vez Mais Raro

Talvez achemos um pouco difícil relacionar a falta de sono com a embriaguez. No entanto, um estudo publicado pelo Dr. David Geffen, da Universidade de Los Angeles, Califórnia, aponta que, não dormir, para o cérebro tem o mesmo efeito que o álcool. Nossos neurônios param de se comunicar efetivamente, ocorrem erros, problemas de concentração, problemas de desempenho, alterações de humor, irritabilidade, depressão …

Os efeitos psicológicos da privação do sono são enormes, mas continuamos a negligenciar esse aspecto. Fazemos isso com o nosso estilo de vida, com dispositivos eletrônicos e a luz azul de suas telas, que estimula o cérebro impedindo-nos de adormecer. Ao mesmo tempo, o trabalho e as preocupações que levamos para a cama também nos privam do descanso necessário para a saúde do físico e do cérebro.

Silêncio e descanso são duas palavras que estão se transformando em um negócio para muitas empresas. Tanto que no mercado já encontramos nas máscaras de dormir que monitoram nossas ondas cerebrais e na fase REM, cápsulas de alta tecnologia para tirar uma soneca no trabalho, spas e centros de sono que prometem nos levar para os braços de Morpheus em poucos minutos.

Portanto, evitemos chegar a esses extremos e nos conscientizar de um aspecto muito simples: o repouso é a vida; em um mundo imerso em ruídos incessantes, externos e internos, o silêncio é saúde. Lembremo-nos.

Cuidado Com o Olho Gordo… Aprenda a Se Proteger!

Cuidado Com o Olho Gordo… Aprenda a Se Proteger!

Lembro-me de uma ocasião em que recebemos a visita de uma moça em casa. Naquele período, meus irmãos e eu éramos solteiros e morávamos com nossos pais. Ela trabalhava com meu irmão mais velho e minha mãe a recebeu em nossa sala. Lá havia uma planta, muito bonita que, no dia posterior, amanheceu morta. Minha mãe, apesar de não se voltar a nenhuma religião específica e sem nenhum estudo mais apurado sobre o assunto, logo concluiu que aquela mulher era uma pessoa invejosa e seu olho gordo havia atingido a pobre plantinha.

A sabedoria popular está presente em cada um de nós, com o que assimilamos de nossa cultura, com os nossos ancestrais. Eu respeito muito esse conhecimento adquirido através dos tempos. Os médicos de pés descalços, precursores da Medicina Tradicional Chinesa, as benzedeiras, os xamãs, são todos seres imbuídos desse saber sobre a nossa essência.

Meu pai, desde pequena, dizia para que não pisássemos sem sapatos em piso gelado. Algo que aprendeu com meus avós e que para a medicina ocidental não tem nenhum nexo. Porém, quando me embrenhei na medicina chinesa, deparei-me exatamente com esse contexto. Considera-se que o frio adentra o corpo instalando desarmonias. A síndrome do frio que nos acomete, provocando doenças.

 

Resultado de imagem para proteger de olho gordo

 

Deixando de lado algumas crendices que não fazem parte do conhecimento humano, adquirido em sua comunicação com a natureza e sua observação, estamos resgatando o respeito à sabedoria de nossos antepassados.

O olho gordo é a capacidade que uma pessoa tem de emanar sua energia invejosa desfavorável a outra, ao seu lar, a sua vida. Muitas pessoas não acreditam neste poder maléfico que alguém tem de interferir em seu bem-estar, pura e simplesmente. Concordo que é necessário que haja uma explicação viável.

Estamos entrelaçados, sofrendo a influência energética, uns dos outros. Isto é ponto pacífico entre os estudiosos, que compreendem a energia que está presente em todas as coisas. Einstein admitiu que toda matéria é energia condensada e a medicina oriental se baseia na manipulação energética para curar. Todas as criaturas, plantas, animais e seres humanos, são dotados de um corpo sutil, conhecido por corpo vital. Ele serve de molde ao corpo físico e toda doença tem inicio nesse corpo, sendo que os pensamentos e sentimentos nele atuam, mobilizando e influenciando.

Comunicamo-nos energeticamente na dimensão sutil e qualquer intervenção alheia que assimilamos, inicia-se no corpo vital. Quando alguém, envolvida em seus pensamentos e sentimentos negativos, devido sua frequência vibratória, entra em contato conosco, sua energia pode nos prejudicar. O olho gordo é a inveja que alguém sente, oposta ao sentimento de admiração. Não há contentamento nesse ser quando ele olha para você desse modo. Há uma inquietação, um desagrado por não ser ele quem está em sua condição, seja profissional, familiar, financeira ou amorosa.

Essa pessoa não se importa com você, ela sente um mal-estar e a energia que envia é pesada, doente. É alguém preso ao egoísmo e que sofre em seu casulo de dor. Entretanto, se você abre as portas de sua casa para ela, a desarmonia que a acompanha, como lama que escorre, pode respingar em você.

A inveja é uma energia invasiva, que lança um olhar de cobiça venenoso. Não podemos negar a existência do olho gordo, mas ele pode ser transformado. Em seu lugar, a admiração é o olhar contemplativo. Pode-se sentir admiração por alguém, fazendo de seu exemplo um caminho que se objetiva seguir para si.

Olho gordo existe sim, porém, não é necessário que nos preocupemos demasiadamente com ele. Basta que estejamos na energia do amor, da confiança no bem, que nos fornece a proteção contra os invejosos. É uma questão de sintonia vibratória. Estamos imunes quando não nos sintonizamos com a energia destrutiva da inveja.

 

 

Quando abolimos de nossa vida algumas crenças, ao mesmo tempo, elas se dissolvem de nossa realidade. Quem vive achando que os outros o invejam e colocam olho gordo em tudo que lhe pertence, é uma pessoa muito apegada a si mesma, é egoísta. Nessa vibração de egoísmo ela se coloca vulnerável e se sintoniza com o que teme. Então, apesar de sabermos que o olho gordo é real, em nossa vida essa realidade pode passar longe!

Consagre a Deus Tudo o Que Você Faz e Os Seus Planos Serão Bem-Sucedidos

Consagre a Deus Tudo o Que Você Faz e Os Seus Planos Serão Bem-Sucedidos

“Seus sonhos, seus projetos e desejos são o seu sagrado, nem todo mundo precisa e deve conhecer. Nem todos torcem por você (…)”

 

Seus sonhos, seus projetos e desejos são o seu sagrado, nem todo mundo precisa e deve conhecer. Tenha precaução ao falar sobre eles, até que se realizem. Nem todos torcem por você, nem todos valorizam seu empenho.

 

QUANDO REALIZADOS SELECIONE QUEM DEVE E MERECE SABER DA SUA PROSPERIDADE.

Precisamos ter a percepção de que muitas vezes as prováveis causas para a não realização de nossos desejos estão exatamente na insistência de não sermos discretos, fazendo da vida um livro aberto, permitindo a interferência de algumas pessoas que podem afetar o nosso desempenho rumo ao sucesso desejado.

Muitas vezes erramos ao querer dividir com o mundo nossas vontades, queremos compartilhar com pessoas nossos projetos, sonhos e ideais ainda não realizados, e tudo vai por água abaixo.

Porque nem todo mundo está na mesma sintonia que nós estamos, e muitos interferem querendo nos direcionar ao caminho que não nos convém ou querendo opinar, jurando que tem tudo para não dar certo. Quantos de nós já desistimos de fazer algo, excluímos planos por simplesmente falar sobre eles antes de acontecerem? Quem nunca?

Desde o dito a “fundação do mundo” lá em Gênesis, Caim matou Abel, seu próprio irmão, por um sentimento que trazia dentro de si: a inveja. Sentimento esse que todos nós seres humanos possuímos, por menor que seja, ainda que inconsciente, dependendo do tamanho pode devastar alguém.

 

UMA ENERGIA ALTAMENTE NEGATIVA, QUE PODE AFETAR NOSSA VIDA, EM TODOS OS SENTIDOS.

 

 

Saiba para quem você pode falar seus sonhos, seus projetos e que realmente irão acreditar e vibrar para que tudo aconteça conforme sua vontade. Isso não é superstição, nem uma crença. É um fato! E acontece com todos nós.

É interessante que façamos uma avaliação para descobrirmos quem realmente se importa conosco e pode nos ajudar para a realização de nossos sonhos, ampliar nossos horizontes, que merece um crédito de confiança e que, com isso, irá nos retribuir no mais alto nível de boas vibrações, entusiasmo e incentivos, nutrindo em nós a coragem e a persistência para prosseguir em busca do que almejamos.

Quanto mantemos certa discrição sobre os acontecimentos em nossas vidas, não ficamos vulneráveis às opiniões alheias, evitamos interferências negativas, falatórios sem precisão e comentários desnecessários. É óbvio que devemos saber e entender que a concretização ou não do que queremos não gira em torno dessa premissa, mas que sejamos cautelosos, pois nossos sonhos, vontades e desejos são nossos, e despertar o potencial para que eles aconteçam dependem inteiramente de nós.

 

CONSAGRE AO SENHOR TUDO O QUE VOCÊ FAZ E OS SEUS PLANOS SERÃO BEM-SUCEDIDOS.

 

 

Como Atrair Prosperidade com a Energia das Pedras

Como Atrair Prosperidade com a Energia das Pedras

Sim. É possível abrir os caminhos, favorecer o sucesso e atrair mais prosperidade para sua vida.

Vamos lhe ensinar como magos e sacerdotes usam as energias de 7 pedras especiais para manifestar a abundância e atrair ganhos e oportunidades.

Abra sua mente e seu coração e boa leitura !

Vibração: O Segredo das Pedras de Prosperidade

 Como mostrado no filme “O Segredo” e ensinado por muitos textos sagrados, a chave para a prosperidade é a vibração.

Quando emitimos as frequências certas, atraímos forças e inteligências que abrem os caminhos e trazem novas oportunidades para nossa vida.

Este é um antigo segredo conhecido pela realeza e místicos do mundo todo.  Agora você entende porque os ricos gostam e usam tanto a energia das pedras preciosas?

 

As 7 Pedras que Atraem a Prosperidade

  • Pirita : É a Pedra dos Ganhos Financeiros

Ela é um poderoso ímã para atrair coisas boas para sua vida, inclusive ganhos financeiros inesperados e novas oportunidades.

  • Citrino: Poderoso Cristal de Prosperidade e Riqueza

Ele atrai a riqueza, elimina energias negativas, protege contra perdas financeiras e abre nossos caminhos para as conquistas.

  • Esmeralda: É a Pedra da Prosperidade Divina

Ela nos abre para receber bençãos Universais, favorece a estabilidade financeira e nos sintoniza com o padrão vibratório da abundância.

  • Olho de Tigre: Talismã de Sucesso e Proteção

Ajuda a alcançar metas, favorece os talentos pessoais, abre caminhos e quebra qualquer tipo de maldição e feitiços.

  • Fluorita:  Fortalece Nosso Poder de Atração

Aumenta nosso brilho pessoal, abre caminhos, favorece o sucesso e bloqueia a inveja e o olho gordo.

  • Leopardita: Atrai a Boa Sorte e Abre Caminhos

Ela atrai a abundância para a vida, abre portas para novas oportunidades profissionais e favorece as finanças.

  • Cornalina: Pedra de Sucesso e Força Pessoal

Ela favorece o crescimento profissional e aumenta a motivação para o sucesso, vitória e atingimento de metas.

 

Como Usar as Pedras da Prosperidade

As pedras de prosperidade vibram o tempo todo atraindo a abundância e abrindo os caminhos.

Para que esta vibração de prosperidade passe também para sua Aura durma com elas próximas a você.

Se possível, deixe algumas delas em sua bolsa, no carro ou em uma gaveta de sua mesa de trabalho.

Não ponha ansiedade e acredite, pois os resultados virão !

4 Dicas de Como Usar a Lei da Atração a Seu Favor

4 Dicas de Como Usar a Lei da Atração a Seu Favor

Olá pessoal. Hoje quero partilhar com vocês 4 dicas principais para usar a lei da atração a seu favor. Em primeiro lugar a lei da atração é a lei do universo. Ou seja, todo o universo assim como nós, é formado por ondas. E são essas ondas que chamamos de lei universal mais precisamente. Um exemplo: nós conseguimos atrair para a nossa vida exatamente o que nós queremos, a partir do que emanamos para o universo!

O sistema de crenças em que temos vivido ensinou-nos de que tudo deve ser difícil, ou seja, que tudo na nossa vida tem de ser complicado. E a isso damos o nome de crenças limitadoras. E são essas crenças que não nos deixam ver o quão bonito é essa vida.

Agora imagina como seria se descobríssemos que as coisas não precisam ser como nos ensinaram e que temos, dentro e em nós, todo o poder necessário para atrair toda a sorte de coisas maravilhosas que merecemos? E que aquilo que queremos para a nossa vida, podemos atrair? Então, essa é a lei da atração e é como ela funciona.

 

Por isso hoje quero partilhar com vocês 4 passos principais que devemos usar, todos os dias, se queremos atrair a lei da atração para a nossa vida.

4 Passos Principais Para Usar a Lei da Atração Para Você

Visualizações

Usar a lei da atração não é nada de outro mundo. Isto porque todos nós somos seres capazes de seguir esses três passos e sermos criadores da nossa realidade. A parte difícil é lutar contra as crenças limitadoras que carregamos connosco e não deixa-las interferir.

visualização consiste em criar na sua mente exatamente aquilo que quer para a sua vida. Então, feche os seus olhos, imagine aquilo que deseja com o máximo de detalhes possíveis. Use todos os seus cinco sentidos para visualizar.

Uma outra forma também é elaborar um quadro de visualização. E ela consiste em colocar imagem ou escrever aquilo que queres, aquilo que desejas, e ir visualizando todos os dias até os realizar.

Afirmações

As afirmações são aquelas frases poderosas em que enviamos um comando para o nosso inconsciente e para o Universo. E é através do pensamento que enviamos ondas para que o Universo para que ele entenda o que queremos.

Usando palavras como “eu sou”, “eu permito”, “eu escolho”, “eu ordeno” em vez de usar palavras como “eu quero” ou “eu preciso”. O importante é usar frases na positiva, e atenção nunca na negativa. Usando palavras na positiva e sempre na primeira pessoa.

Soltar

O terceiro passo é soltar. Já fizeste o teu pedido com toda a sua força. E agora o Universo está pronto para o atender. E solte o seu pedido com alegria, amor e confiança. Depois disso relaxe e vá fazer outras coisas. O mais importante é não duvidar porque incertezas ou medo não emitem as ondas necessárias para que o Universo entenda o seu desejo. Ele pode funcionar no sentido contrário.

Agradecer

O ultimo passo é agradecer. Por isso agradeça ao Universo. Agradeça por já ter acontecido. Porque quando agradecemos pelo nosso pedido já ter acontecido, o Universo entende e assim estamos a co-criar a nossa realidade. Agradeça, seja grato todos os dias!

 

 

Enfim, esses são alguns passos que devemos seguir se quisermos atrair a lei da atração para a nossa vida. Ela existe e só temos de prestar atenção ao nosso redor e vamos perceber que nada acontece por acaso. Precisamos de estar abertos para o receber. Coração e braços abertos para o que o universo nos tem a oferecer. E quando acreditamos e emanamos o bem, ele retorna para nós. O importante é acreditar e aceitar!

Eu acredito que todos nós estamos ligados por uma força, por essa força do universo. Sei que tudo tem uma razão e que nada acontece por acaso. E tu, acreditas no universo?