Como Aprender Inglês Rápido? 10 Dicas Aqui

Como Aprender Inglês Rápido? 10 Dicas Aqui

O inglês é uma língua divertida para se aprender e, apesar de ser acessível e relativamente fácil, com 750.000 palavras e várias maneiras de dizer as mesmas palavras (ex: “lead”, “lead” e “lead”) e palavras diferentes que se pronunciam quase da mesma maneira (“heat” e “hit”; “ate” e “hate”, etc), acaba que até o melhor aluno pode ter dificuldades em aprender inglês rápido.

E eu estou aqui para te informar que, na verdade, não é assim tão complicado quanto pensa – desde que adote a estratégia certa.

Aqui ficam as nossas 10 dicas de como aprender inglês mais rápido e de forma eficaz!

 

1. Leia a tudo o que puder em inglês

Literatura clássica, livros de capa dura, jornais, websites, emails, seu feed nas redes sociais, a caixa de cereais que tira todos os dias do armário: se está em inglês, leia!

Irá adquirir muito vocabulário novo desta forma. Isto te ajudará a melhorar rapidamente, uma vez que a exposição a vocabulário novo e outro que já adquiriu antes te dará exemplos em vários contextos, o que por sua vez serve para reforçar estas palavrinhas na tua cabeça.

Por outro lado, aprender novas palavras e expressões é essencial para construir um vocabulário vasto, especialmente numa língua como o inglês, que contém tantas palavras! No entanto, não se limite a ler e seguir em frente – depois disto terá que…

2. Tomar notas do novo vocabulário

Esta dica é um clássico por uma simples razão: funciona! Quando aprende o que quer que seja, parece que nunca mais irá esquecer porque o entusiasmo é tanto que não para de repetir a palavra, expressão ou conceito.

Mas acredite em nós, nem tudo é fixado de primeira. Para que consiga combater isto, crie o hábito de andar sempre com um caderninho do lado ou com o seu smartphone para que possa usar o Evernote ou algo semelhante.

Sempre que ouvir uma nova expressão ou palavra, anote no contexto em que a viu: ou seja, escreva numa frase e com o seu significado anotado. Isto vai fazer com que poupe tempo, uma vez que não terá dúvidas sobre o que ela significa no outro dia.

 

3. Fale com pessoas reais

Para que serve uma língua senão para comunicar? Claro que nós humanos ficamos experts em nos comunicar sem termos que abrir a boca – obrigado Whatsapp! – mas, no final das contas, está provado que se aprende uma língua muito melhor ao praticá-la na conversação (melhor do que escrever ou ler o que quer que seja). Pense em quantas vezes ouviu pessoas dizerem que conseguem entender o inglês mas não conseguem falar.

Muitos destes pseudo-falantes de inglês transformaram o ato de falar a língua num bicho de sete cabeças e formaram uma barreira linguística tão forte que só serve para criar problemas desnecessários. Não seja essa pessoa.

Procure pessoas nativas com quem possa conversar informalmente (a internet ajuda muito), inscreva-se num curso, ou participe de aulas online.

 

4. Inscreva-se em podcasts ou canais de YouTube em inglês

Gostas de humor? Política? Culinária? Com canais que abrangem todos os tópicos que possa imaginar, existe sempre um canal no YouTube ou um Podcast em inglês para você! Inscreva-se em alguns e ouça enquanto dirige ou enquanto vai para a escola ou para o trabalho.

De início, pode achar os sotaques nativos difíceis de entender, mas seja perseverante e começará a compreender mais cedo do que pensa (com certeza irá aprender um imenso vocabulário novo).

 

5. Faça intercâmbio no exterior

 


Se existir alguma maneira mais eficiente de aprender inglês do que viver e estudar num país onde esta seja a língua oficial, nós adoraríamos saber! Não é segredo que o inglês é a língua mais falada no mundo e tem uma longa lista de países para escolher.

Poderá definir o seu ambiente de aprendizagem baseado no hemisfério, tempo ou cidade favorita. Austrália, Nova Zelândia, Inglaterra, Irlanda, EUA, Canadá e África do Sul são apenas alguns dos lugares que pode escolher.

 

6. Aproveite os seus amigos

Você tem amigos que postam online em inglês? Não faça vista grossa para os posts só porque você não consegue entender, dê uma lida em tudo o que eles compartilham e comprometa-se a explorar um ou dois por dia. Podem ser desde notícias, artigos de revista, vídeos, podcasts, posts de blog, canções ou outra coisa qualquer: se é em inglês e o tópico te interessa, será útil para a sua aprendizagem!

 

7. Pergunte muito

A curiosidade pode ter matado o gato, mas também impulsionou a fluência de estudantes de línguas! Conforme você aprende inglês acumular uma quantidade enorme de dúvidas. Não deixe que a preguiça ou timidez te impeçam de as esclarecer – seja curioso e esclareça assim que possível.

Se está inscrito num curso, pergunte aos seus professores (afinal é para isso que eles estão lá). Se estiver aprendendo um idioma sozinho, não se preocupe: procure as respostas de todas as suas perguntas em blogs ou websites de línguas, junto de outros alunos ou em fóruns. Ficará contente em ter feito isso.

 

8. Aprenda com as estrelas

Escolha um ator ou cantor nativo que goste e veja os seus filmes ou ouça a sua música. Depois disso, procure entrevistas que eles deram online (e veja, claro!). Na primeira vez em que assistir foque nas mensagens principais e, na segunda, anote as expressões e palavras interessantes que ouviu. As gírias, histórias e humor que saem destas entrevistas vão, certamente, trazer bastante material com os quais você poderá trabalhar.

 

9. Comece com o que realmente precisa

 

 

Os seus estudos de inglês irão, sem dúvida, mais longe se estiver claro em sua mente os motivos pelos quais quer aprender esta língua. Vai participar de um intercâmbio acadêmico? Então foque no vocabulário relacionado aos seus estudos. Terá uma conferência internacional fora do país? Estude algumas maneiras de iniciar conversação em inglês e use-as com os outros participantes. Quer fazer um Gap Year? Parece que o vocabulário de viagem e turismo serão a sua Bíblia.

Se você simplesmente se lançar no aprendizado de inglês esperando que magicamente aprenderá tudo de uma vez, acabará confuso e esgotado, sem vontade de continuar seus estudos. O que nos trás para o último ponto:

 

10. Não ponha “sal na ferida”

Quando começar a sentir que não está progredindo – o que acontece a, literalmente, a todas as pessoas que aprendem uma língua – não diga “Eu não sei falar inglês” ou “Eu nunca vou conseguir aprender isto”. Para o seu próprio bem, exclua essas frases do seu vocabulário. Só servem para tirar o seu foco do objetivo principal que te fez aprender esta língua e te impedem de perceber o quanto está progredindo.

Em vez disso, diga “Estou aprendendo inglês e melhorando um pouquinho a cada dia”, “Nem sempre é fácil mas vale a pena”, “Estou muito melhor do que estava há 6 meses atrás” e outras frases para nunca voltar a olhar para apenas uma fatia do bolo.

 


 

 

É POSSÍVEL VIAJAR

PARA FORA DO BRASIL

SEM FALAR INGLÊS!

 

Mostraremos como você pode se comunicar em diferentes situações

que aparecerão durante a sua viagem para o exterior!

 

O CONTEÚDO MAIS COMPLETO DA INTERNET QUE

ENVOLVE O APRENDIZADO DE INGLÊS

PARA VIAJANTES.

 

1) Após você realizar a adesão desse curso, você receberá no seu e-mail um link de acesso ao conteúdo.

2) Você terá um login e senha exclusivo de acesso.

3) Ao entrar, desfrute cada módulo fazendo anotações e pratique cada dica que for dita.

 

 

CORRA!

POIS ESTA OFERTA

INÉDITA TERMINA EM BREVE.

 

 

 

 

Micropigmentação de Sobrancelha: O Guia Definitivo Para as Mulheres Que se Amam

Micropigmentação de Sobrancelha: O Guia Definitivo Para as Mulheres Que se Amam

Mexer nas sobrancelhas é um tanto delicado! Elas servem como moldura para o nosso rosto e podem tanto destacar como apagar nossa beleza! Os designers de sobrancelhas aconselham não escolher um modelo, mas sim respeitar o formato das nossas sobrancelhas, apenas limpando nos lugares certos e apostando nos realces necessários. Ou seja, não adianta nada querer ter a sobrancelha igual a daquela ou da outra celebridade, cada rosto pede um tipo de sobrancelha, e esse modelo é exatamente o que você tem. Se não estamos gostando é porque simplesmente falta a manutenção certa.

A micropigmentação de sobrancelha é um serviço exclusivo que conquistou seu espaço no coração de muitas mulheres.

Mas nem sempre foi assim. Com toda essa fama as mulheres foram na onda e acabaram não dando a devida importância para a responsabilidade de uma boa escolha.

A vontade de experimentar a micropigmentação de sobrancelhas, junto com a ideia de economizar, acabou fazendo com que muitas pessoas escolhessem profissionais ruins.

 

E isso, na maioria das vezes, é uma combinação infeliz. Pela micropigmentação de sobrancelha ser um procedimento delicado e de grande responsabilidade, ela não permite margem para imperícia ou amadorismo.

Realmente, uma das primeiras questões levantadas sobre a técnica é o preço, como se esse fosse o único fator a ser levado em conta.

Mas quando o preço é o único parâmetro para escolher esse tipo de serviço, geralmente ocorrem consequências desagradáveis para você.

Sabemos que é tradição barganhar pelo preço, mas quando se trata de estética esse não deve ser o seu principal parâmetro…

Existem outros aspectos que precisam ser levados em conta, como perícia, materiais de qualidade, qualificação do profissional e o fato de que o procedimento será feito no seu rosto.

É importante que você saiba: quando as mulheres pagam barato na micropigmentação de sobrancelha, a maioria fica insatisfeita com os resultados e precisa recorrer a outros métodos.

 

Mas a Micropigmentação de Sobrancelha Pode Ser Removida?

Sim, mas apesar de ser temporária a micropigmentação de sobrancelha fica um tempo na pele. Isso já serve como um bom motivo para você ser mais criteriosa na hora de escolher.

Uma outra questão é: remover um procedimento que foi mal sucedido custa, na maioria das vezes, mais caro do que uma micropigmentação de sobrancelhas bem feita – tanto na estética quanto no dinheiro.

E para ter um procedimento desses com sucesso, é necessário contar com um profissional capacitado, que tenha referências de trabalhos e clientes satisfeitas.

Mas se você já cometeu o erro de prestar mais atenção no preço do que na qualidade e ficou insatisfeita com o serviço, recomendo que você conheça um pouco mais da remoção a laser.

O melhor deles é a despigmentação, que é a remoção da micropigmentação a laser, pela sua eficácia e segurança, se compararmos com outras técnicas.

A remoção completa pode até exigir várias sessões, mas vão eliminar o resultado indesejado nas sobrancelhas.

Pensando nisso, esse conteúdo foi criado para te ajudar a escolher melhor e usar a micropigmentação de sobrancelha com o objetivo pelo qual ela foi criada:

♥ Ressaltar a beleza;
♥ Corrigir falhas;
♥ Trazer praticidade;
♥ Oferecer bem-estar para as mulheres que se amam.

Para ter uma sobrancelha bem feita, conforme o seu formato de rosto, tipo de pele e personalidade, alguns fatores devem ser levados em conta.

Que tal conhecer agora as principais informações que você deve saber para evitar surpresas negativas?

Descubra tudo o que você precisa saber sobre micropigmentação de sobrancelha, tire suas dúvidas e, assim, tome uma decisão assertiva para ficar ainda mais bonita todos os dias!

 

Afinal, O Que é Micropigmentação de Sobrancelha?

 

 

É importante saber a fundo do que se trata um produto ou serviço antes de comprar ou contratar, concorda? Pelo menos, as mulheres que não deram a devida importância a isso se arrependeram depois.

Muitas mulheres acreditam que o procedimento de micropigmentação introduz alguns fios na sobrancelha e o resultado é para sempre e irreversível.

O caso de ser irreversível você já sabe que não é verdade, como falamos no começo do artigo sobre a solução de despigmentação.

Sobre a micropigmentação de sobrancelha durar para sempre: o processo não envolve a implantação de pelos, apenas o desenho dos pelos.

É algo parecido com a tatuagem, mas a diferença é que os efeitos são mais superficiais na pele e, por isso, são temporários.

Os fios novos são desenhados simulando os seus pêlos, porém, o pelo desenhado não tem volume como o pêlo natural.

Dessa forma, uma determinada região sem pêlos vai ficar minuciosamente desenhada com a micropigmentação de sobrancelha.

 

Quanto Tempo Dura a Micropigmentação?

Geralmente um serviço de boa qualidade tem duração aproximada de 1 ano, ou até 1 ano e meio.

Mesmo que seja temporário, os efeitos ficam na pele por um determinado tempo, o que requer cuidado na hora de escolher o lugar para se fazer a micropigmentação de sobrancelha.

Partindo de uma analogia com a tatuagem:

É óbvio que ninguém procura um profissional porque ele faz desenhos medianos, certo? E sim porque ele é um artista e saberá reproduzir no desenho o desejo de seu cliente.

Isso sem contar a infelicidade de ter que remover, o que gera uma dor no bolso e na consciência, por apenas ter escolhido errado.

Provavelmente você gosta de produtos e serviços de qualidade, com referências de clientes satisfeitos. E como tradição, não existe no mercado o melhor produto pelo menor preço. E claro, isso também serve para a micropigmentação!

Será Que Micropigmentação é Para Você?

Um dos mitos sobre a micropigmentação de sobrancelha é que qualquer pessoa pode optar pela aplicação do pigmento.

Embora seja um procedimento simples e seguro quando realizado por um bom profissional, não é qualquer pessoa que pode fazer.

Existem algumas pessoas que não são recomendadas a fazer, como as que possuem:

♥ Algum tipo de alergia de pele;
♥ Alta sensibilidade ao pigmento;
♥ Estão passando por tratamento médico.
♥ Esses são apenas alguns exemplos. Então, se você está em uma dessas situações ou alguma parecida, uma autorização médica pode ser necessária.

 

Existe o Risco da Sobrancelha Ficar Azul ou Verde?

O uso de pigmentos de baixa qualidade e a falta de conhecimentos sobre colorimetria podem causar uma experiência ruim para a mulher, fazendo com que a sobrancelha tenha uma coloração diferente da natural.

Com isso, as chances da sobrancelha ficar azul ou verde são praticamente inválidas. Então, conte com o profissional certo; ele sabe a importância de pigmentos de qualidade para um resultado bem sucedido na micropigmentação de sobrancelha.

Além disso, o profissional qualificado conhece conceitos e tem experiências sobre profundidade de implantação de pigmento. O resultado será uma sobrancelha sempre bonita com a cor certa para você!

 

A Micropigmentação de Sobrancelha Fica Artificial, Muito Grossa e Escura?

Muitas pessoas têm medo do procedimento por imaginarem um efeito muito forte, que torna a sobrancelha grossa, escura e até fora do formato do rosto.

Porém, a finalidade da técnica não é oferecer um efeito artificial, nem deixar as sobrancelhas muito grossas e escuras.

 

O Passo a Passo do Procedimento

Inicialmente, é feito o desenho da sobrancelha com lápis.

Em seguida, uma pomada anestésica é aplicada no local para reduzir o desconforto durante o processo.

Então, nesta última parte, o pigmento é inserido na camada superficial da pele.

Para isso, é utilizado um conjunto de agulhas em formato de lâmina. É fundamental que todos os materiais sejam esterilizados ou descartáveis.

Isso vai evitar a contração de alergias ou infecções.

 

Técnicas Para a Micropigmentação

 

 

Duas técnicas são muito utilizadas para melhorar a aparência da região e preencher as falhas das sobrancelhas.

A técnica fio a fio traz um resultado mais natural para as sobrancelhas, na qual cada fio é desenhado isoladamente.

A outra técnica está relacionada ao efeito esfumado, onde o resultado final é similar com o da maquiagem ao passar sombra.

Essa última técnica proporciona mais volume e intensidade de cor nas sobrancelhas.

Portanto, independentemente de você ter um rosto cheio ou fino, é desenvolvido um estudo para aplicar o design correto.

Depois do desenho feito e aprovado por você, aí é o momento de começar a micropigmentação de sobrancelha.

O pigmento é aplicado fio a fio, dispensando a máquina elétrica, para que os fios fiquem mais naturais.

Nos primeiros, aproximadamente, 20 a 30 dias, a sobrancelha fica um pouco mais grossa e escura por conta da cicatrização a ser formada.

Após cicatrizar, a aparência da sobrancelha combina beleza e naturalidade, fatores ideais para deixar a sua autoestima lá em cima todos os dias!

A Micropigmentação Dói Muito?

Infelizmente, o procedimento não é indolor, mas por outro lado não se trata de uma dor extrema.

O trabalho é feito em uma camada bem superficial da pele, o que ocasiona uma sensação mais suave de dor, que dura poucos segundos.

Com a aplicação de um anestésico, a dor é significativamente reduzida.

Assim como outros métodos estéticos, a micropigmentação de sobrancelha envolve um pouco de dor imediata, mas que depois passa.

E os efeitos? Duram um bom tempo!

 

Como Funciona o Tempo de Manutenção?

 

 

Uma grande dúvida das pessoas é saber de quanto em quanto tempo se deverá fazer a micropigmentação de sobrancelha.

Isso varia de acordo com cada tipo de pele. O ideal é reproduzir o trabalho novamente a cada um ano.

No período de 8 a 12 meses, dependendo do tipo de pele, a micropigmentação vai perdendo efeito.

Então, os profissionais realizam um novo desenho conforme as suas preferências e necessidades. Aliás, não se trata basicamente de um retoque, é uma manutenção atual.

Isso significa que você vai refazer todo o procedimento, não alguns fios pontuais. Será refeito todo o desenho e a marcação; eles serão desenhados novamente, fio a fio.

Isso vale tanto para a micropigmentação de sobrancelha, quanto para outros procedimentos estéticos, como a escova progressiva por exemplo.

 

Como Funciona o Processo de Cicatrização?

O processo de cicatrização dura até 30 dias após a micropigmentação e é caracterizado por algumas etapas.

Geralmente no 1º dia, após ser feito o procedimento, a sensação é de uma sobrancelha diferenciada e bonita, que dá vida a um novo e lindo rosto.

Do 2º ao 4º dia parece que a região vai ficando muito grossa e escura.

Entre o 5º e o 7º dia a pele começa a descansar e a cor das sobrancelhas aparenta estar desaparecendo.

Do 8º ao 10º é comum as mulheres se desesperarem, afinal parece que todo o trabalho sumiu.

Entre o 10º e 20º dia, a coloração se restabelece e parece que estão só algumas falhas.

Do 20º ao 30º o processo de cicatrização termina e a impressão é de uma sobrancelha natural, bonita e bem feita.

Para todos os casos, o resultado final irá depender do trabalho do profissional e dos cuidados da cliente no dia a dia.

Por isso, é fundamental optar por um serviço de qualidade e seguir as orientações dadas.

Na técnica fio a fio, a cicatrização deixa um aspecto realista a pele e a tonalidade da sobrancelha se adapta a cor desejada em harmonia com o rosto.

Isso significa que o fio desenhado se mistura ao natural, sem ser notado.

 

Quais os Cuidados Que Você Deve Tomar?

Existem alguns cuidados importantes após realizada a micropigmentação de sobrancelha, tais como:

♥ Não fazer limpeza de pele;
♥ Não utilizar água quente no rosto;
♥ Evitar se expor excessivamente ao sol;
♥ Não utilizar produtos como ácido ou maquiagem na região;
♥ Não coçar ou retirar as ‘casquinhas’ da cicatrização, pois elas cairão naturalmente;
♥ Cuidar da região com uma pomada específica duas vezes ao dia, no período do 2º ao 10º dia.

Além destes passos, é importante avaliar se existe a necessidade de retocar o trabalho. Caso seja preciso, o ideal é fazer um retoque entre 30 e 60 dias.

 

Tenho Medo de Fazer a Micropigmentação de Sobrancelha, e Agora?

É normal ficar com dúvidas e receios de encarar um procedimento no rosto, mesmo que a micropigmentação seja algo temporário. Por isso, é indispensável fazer a escolha certa do profissional.

O ideal é buscar um local que tenha profissionais qualificados para te auxiliar com todas as informações.

Muitos especialistas oferecem uma consultoria gratuita para esclarecer todas dúvidas e fazer um desenho sem compromisso.

Assim, você pode avaliar se tem uma identificação com o desenho e toma a sua decisão. Isso irá diminuir o seu medo e, de quebra, aumentar as chances de contar com um ótimo trabalho!

 

Escolhendo Um Bom Profissional

 

 

1 – Ele precisa respeitar os limites do rosto
É importante que a aparência da sua sobrancelha seja adequada ao seu rosto. Portanto, leve em consideração um trabalho que respeite as medidas dele, de forma que os fios sejam desenhados dentro desses limites durante o procedimento.

2 – Ele deve valorizar o visagismo
Valorize um trabalho de visagismo, no qual você apresenta o que você gosta e o que não gosta nas suas sobrancelhas. O profissional se concentra nessas informações para reproduzir o desenho ideal para você.

3 – Ele tem que avaliar as características faciais junto com você
Não existe uma medida padronizada, cada formato de rosto é único. É indispensável que o profissional avalie junto com você as características faciais, colaborando para a sua segurança e resultados bem-sucedidos.

4 – Ele precisa, primeiro, te mostrar como vai ficar a sobrancelha a lápis
A partir do design e desenho a lápis, você já terá uma perspectiva de como ficará a sua sobrancelha.

Se deseja um aspecto mais natural, peça fios mais separados no início e mais próximos do meio para o final do design. Para algo mais marcado e cheio, opte por fios mais juntos em toda a extensão.

5 – Isso é com você: avalie tudo!
Materiais de qualidade, clientes satisfeitos e experiências de sucesso são alguns elementos para saber como escolher um bom profissional.

Realmente, um trabalho eficaz não é sobre quanto custa. Aliás, a micropigmentação de sobrancelha vai…

 

Muito Além do Preço, o Investimento é Sobre Você!

A micropigmentação é um serviço único, importante e muito necessário para a beleza moderna.

Independente se a busca é por necessidade ou vaidade, é importante ter consciência de que nenhum tratamento estético pode ser “padronizado negativamente” por consequência de uma experiência ruim que você teve.

A micropigmentação de sobrancelha é ideal para todas as mulheres que se amam. Então, se você quer destacar o seu rosto, dar mais poder ao seu olhar e à sua autoestima, essa é uma técnica a ser considerada.

 


 

Aprenda passo a passo as Técnicas mais

Avançadas de Design de Sobrancelhas Profissional de

forma fácil, e descubra do Absoluto Zero, todos

os Segredos para fazer Sobrancelhas Perfeitas

 

 

CERTIFICADO DE DESIGN DE SOBRANCELHAS INCLUSO

 

APÓS CONCLUIR O CURSO SOBRANCELHAS PERFEITAS, VOCÊ IRÁ BAIXAR UM LINDO
CERTIFICADO DIRETO DE SUA ÁREA RESTRITA

 

 

Sim, Quero começar o Curso

Sobrancelhas Perfeitas Agora!

 

OFERTA POR TEMPO LIMITADO

 

arrow

De R$ 197,00 por Apenas

9x R$ 11,27*

ou R$89,90 à vista

 
Saiba o Que Causa a Queda De Cabelo e Como Tratar

Saiba o Que Causa a Queda De Cabelo e Como Tratar

Você sabe por que o cabelo cai e o que causa sua queda? Confira dicas de como manter os fios saudáveis e quais os cuidados devem ser tomados para evitar a queda dos cabelos.

Sobre a Queda de Cabelo

 

Você sabia que é normal perder cerca de 100 fios de cabelo por dia? De acordo com um artigo publicado pela BBC Brasil, essa é a média considerada comum, pois os fios possuem um ciclo de crescimento e queda natural. Porém, ultrapassar essa quantidade pode significar que toda a sua estrutura capilar está fragilizada, desde a raiz até as pontas, por isso a atenção deve ser redobrada.

Quando os fios começarem a ficar quebradiços, você deve procurar um médico para uma avaliação e verificar o que está acontecendo, pois essa deficiência pode ser o primeiro sinal do problema. Vários fatores interferem na saúde do cabelo, como procedimentos químicos em excesso (coloração, escova progressiva, relaxamento), falta de vitaminas, anemia, estresse, alterações hormonais, excesso de bebidas alcoólicas, tabagismo e até dermatite seborreica (caspa). Se o seu caso for algum desses, o seu dermatologista indicará o melhor tratamento para o problema.

O Que Causa a Queda de Cabelo?

 

Vários fatores, como vimos anteriormente, afetam os cabelos, levando-os a cair. Alguns podem ser pontuais, como pós-cirurgia, gestação, febre e infecções, resultando na queda capilar mais acentuada por um determinado momento. Mesmo assim, a avaliação do dermatologista deve ser realizada.

Além dos procedimentos químicos também influenciarem na queda, a ausência de vitaminas no corpo, as alterações hormonais e a utilização do secador e chapinha com frequência também danificam os fios do cabelo, tornando-os quebradiços e, consequentemente, intensificam a queda. Outro ponto são os traumas emocionais, como o estresse e a ansiedade, que implicam em uma grande perda de minerais e vitaminas fundamentais para o crescimento e saúde dos fios. Como consequência, alguns tipos de medicamentos tem como reação adversa a queda dos cabelos, assim como o tabagismo e a ingestão de bebidas alcoólicas em grandes quantidades e com frequência.

 

Cuidados Para Evitar a Queda de Cabelo

 

Para evitar que seus cabelos caiam, mantenha-os sempre fortalecidos e saudáveis, com produtos antiqueda e fortalecedores. Preserve sempre seus fios limpos e saudáveis, pois higienizá-los corretamente ajuda as madeixas a não se desprenderem da raiz com facilidade. Como a dermatite seborreica também favorece a queda, quem já foi diagnosticado com a doença pode utilizar as linhas anticaspa, que são indicadas para tratar o couro cabeludo e reduzir o problema. Se houver ausência de vitaminas, o seu médico pode receitar uma reposição oral para ajudar no fortalecimento, assim como medicamentos de aplicação local para auxiliar no crescimento dos fios e evitar a queda.

Caso a sua queda de cabelo não seja resolvida, procure um dermatologista, pois essa intensa frequência na perda dos fios pode levar à calvície. Hoje, alguns procedimentos clínicos já são feitos para solucionar o problema, como laser fracionado, luz infravermelha e microagulhamento.

 

Algumas Dicas Para Você Garantir Cabelos Saudáveis

 

Para manter as madeixas sempre saudáveis, comece sempre higienizando bem o couro cabeludo e os fios com um shampoo e condicionador ideal para a sua necessidade. Quando eles ficam sujos por um longo tempo, a queda capilar se agrava, por isso, mantenha-os sempre limpos. Não prenda os cabelos quando estiverem molhados, pois esse hábito favorece o surgimento da caspa, além de causar a proliferação de fungos e bactérias que acabam enfraquecendo a raiz. Além disso, evite lavar o cabelo com água quente, já que a mesma provoca o ressecamento do couro cabeludo, aumentando a queda dos fios.

A alimentação também influencia na saúde dos seus cabelos. Alimente-se bem e mantenha uma dieta rica em vitaminas, minerais e proteínas, pois esses elementos influenciam na saúde dos fios e em seu crescimento. Ainda, evite frituras em excesso, gorduras ruins, álcool e doces, pois eles aceleram a queda, beba, no mínimo, 2 litros de água por dia e inclua em seu dia o consumo de oleaginosas e frutas.

 

7 Dicas Contra Queda de Cabelo

 

Seus fios andam praticando bungee jumping – mas pulam pra nunca mais voltar?! Calma aí. Tem jeito melhor do que amarrar um por um na cabeça…

 

1. Cuidado com o calor

Procure evitar o uso abusivo da prancha e das químicas como a escova definitiva ou progressiva com intervalos muito curtos. Fuja da associação desses processos com tintura ou balayage com tempo inferior a 30 dias, para evitar perda da densidade da haste, fratura e queda dos fios.

2. Capriche no prato

Se você pratica atividade física com frequência maior que quatro vezes por semana, precisa caprichar no consumo de proteína – o ideal é de 12 a 24g por dia, uma vez que a massa magra “sequestra” da alimentação os complexos proteicos. Coma mais peixes, aves, queijo branco, ovos, iogurte.

3. Fique de olho

Observe se os fios estão se soltando sozinhos ou quando você manipula. A queda não deve ser superior a 100 fios. Se for maior que isso, seu médico deverá checar se há anemia por deficiência de ferro, alterações hormonais, predisposição genética, deficiência nutricional ou calórica, stress, doença autoimune ou abuso de substâncias químicas em contato com o fio.

4. Consulte um expert

Procure ajuda de um especialista quando estiver passando por alterações hormonais. É fundamental para escolher o tratamento certo e prevenir uma crise, principalmente na época pós-parto, na menopausa ou se tratando de alterações da tireoide ou dos hormônios masculinos.

5. Seque corretamente

Evite dormir com o cabelo molhado, preso, com trança ou presilha. O cabelo molhado já é um ambiente propício para a proliferação de fungos, molhado e preso, então, pode ser fatal para os fios. Durante o sono, o cabelo preso por muito tempo fica marcado e os fios podem arrebentar quando você se mexe.

6. Regule a temperatura

Não lave o cabelo com água quente. A alta temperatura predispõe a dermatite seborreica (caspa) e oleosidade rebote. O ideal é lavar a cabeça com água fria ou morna.

7. Converse

Não tente resolver o problema sozinha. Se achar que seu cabelo está caindo mais do que o normal, procure seu dermatologista para fazer os exames necessários e receber o diagnóstico específico. Também não vale pegar receita médica das amigas: cada caso é um caso.

 

Mitos e Verdades Sobre Queda de Cabelo

 

1. O uso de shampoo antiqueda funciona no tratamento?

Verdade, mas não é a única solução. A dermatologista Sineida Berbert, do Paraná, explica que o shampoo antiqueda é um excelente coadjuvante no tratamento da queda de cabelo. Junto com ele, muitas vezes é necessário apostar em um medicamento tópico ou oral.

2. O estresse pode causar a queda dos fios?

Verdade. A profissional esclarece que o estresse é uma das principais causas de queda de cabelos. “Em situações estressantes existe uma maior secreção do hormônio cortisol, levando uma perda maior do cabelo”, contou.

3. Ao contrário do que dizem, a química não pode causar a queda dos fios?

Mito. “O uso de coloração, alisamentos e progressivas, assim como o secador e a chapinha, podem levar à queda, assim como podem produzir um processo de dermatite de contato e induzir a perda dos fios”, atentou a dermatologista.

4. Uma boa alimentação ajuda na saúde dos fios?

Verdade. A saúde da pele, unhas e cabelos começa por uma boa alimentação. “Por isso, é fundamental a ingestão de proteínas, vitaminas A, C, H e ômega 3, encontradas nas carnes, ovos, cereais integrais, frutas, vegetais verdes escuros, salmão, nozes e castanhas”, esclareceu. Em alguns casos, devemos complementar o cardápio com suplementos nutricionais recomendado pelo dermatologista para cada caso em particular.

Então, ficamos por aqui com nossas dicas de cuidados com o cabelo. Você percebeu o quanto elas são fáceis de serem colocadas em prática? Não há mistério, magia ou grandes gastos. É só saber os hábitos certos e descobrir os cosméticos de que seus fios precisam.

 


 

Seu sonho é recuperar seus cabelos de verdade?

 

Imagine…

 

♥ Você indo ao shopping ou ao parque com seus cabelos brilhosos sem medo de se expor.

♥ Suas amigas admirando seus cabelos e perguntando o que você fez.

♥ Seu namorado, esposo ou pretendente elogiando seus cabelos sem parar.

♥ Você se olhando no espelho e se amando ainda mais.

 

A transformação na palma da sua mão!

Você receberá tudo imediatamente em seu e-mail e poderá acessar quando e onde quiser!

Começe sua transformação!

 

 

 

 

Alisamento Natural Com Aspirina: Reduz o Volume e Hidrata Muito

Alisamento Natural Com Aspirina: Reduz o Volume e Hidrata Muito

Aprenda conosco como fazer o alisamento natural com aspirina, uma receita especial para você que quer alisar os cabelos sem passar por processos químicos que podem danificar seus cabelos ou ainda a sua saúde. Aqui no meu blog, você vai aprender a ter fios longos e saudáveis, evitando ao máximo danos químicos.

O bom dessa receita é que utilizamos ácidos que não trazem prejuízos, podendo ser usados até por quem já tem outras químicas nos fios, pois a quantidade é suficiente para reduzir os volumes sem fazer grandes modificações na estrutura dos fios, o que exigiria um elemento alisador mais forte.

Alisamento Natural Com Aspirina Funciona?

A aspirina contém ácido acetil salicílico, o elemento capaz de aliviar a dor e baixar a febre, sendo esta a maior indicação para este medicamento. Na beleza, este elemento não só entra como alisante, mas sim como um esfoliante capaz de ajudar no combate à caspa ou acne.

Não há comprovação científica que ligue esse ácido com o alisamento de cabelo, por isso que nesta receita usamos outros elementos que ajudarão a reduzir o volume dos seus fios e deixá-los mais lisos.

Um dos ingredientes desta receita maravilhosa de alisamento natural com aspirina é o D-Pantenol, uma substância conhecida por ser o ingrediente principal do Bepantol (em pomada ou líquido) que faz verdadeiro milagre para os cabelos e pele.

 

 

O D-Pantenol é um ativo ultra hidratante que é rico em vitamina B5, que ajuda os fios a reterem água, além de repor proteínas e lipídios essenciais para que as madeixas fiquem fortes, bonitas e saudáveis.

Quem está com os cabelos danificados precisa utilizar o D-Pantenol nas hidratações, sendo esta uma receita muito indicada para cabelos fracos e quebradiços.

Outro elemento dessa receita é o creme de leite, rico em gorduras que fazem bem aos fios, acabando com o ressecamento o frizz, ou seja, dando um resultado de fios mais alinhados.

Por ter um pH mais alto, entre 6.4 e 6.8, o creme de leite é o responsável por selar os fios e manter todos os nutrientes desse alinhamento natural de aspirina no fios, mantendo assim o resultado desse processo por mais dias.

Alisamento Natural com Aspirina

 

Ingredientes:

✔ 4 aspirinas

✔ 2 colheres de sopa de creme de leite

✔ 2 colheres de sopa de creme de hidratação de sua preferência

✔ 1 colher de sopa de leite em pó

✔ 1 tampinha de D-Pantenol líquido

✔ 100 ml de leite integral

 

Modo de preparo:

Amasse bem as aspirinas e dissolva elas no leite integral. Feito isto, é hora de acrescentar os demais ingredientes do alisamento natural com aspirina, começando pelo creme de leite, o creme de hidratação, o D-Pantenol líquido e o leite em pó. Mexa bem até formar um creme homogêneo com todos os ingredientes bem misturados.

 

Modo de usar:

Lave os cabelos com shampoo. De preferência, lave duas vezes para que as cutículas dos fios se abram. Retire o excesso de umidade com a ajuda de uma toalha e então aplique o alisamento natural com aspirina em todo o cabelo, enluvando mecha por mecha. Coloque uma touca plástica ou touca laminada na cabeça e deixe agir por meia hora. Depois desse período, enxague os fios e remova todo o produto. Não é necessário usar condicionador.

 

Alisamento

Para ter os fios lisos é necessário secar com um secador e então aplicar a chapinha, mas antes disso, utilize um protetor térmico para proteger os fios do calor desses instrumentos.

Para que os fios fiquem bem lisos, separe os cabelos em mechas finas e passe a prancha três vezes em cada mecha. Dessa forma você vai garantir o efeito liso por mais tempo. O ideal é que você fique três dias sem lavar os fios após o alisamento natural com aspirina, depois desse prazo você pode voltar a lavar os cabelos como de costume, seguindo a sua rotina de cuidados capilares.

Atenção: Grávidas, lactantes e crianças menores de dez anos não podem fazer esse tratamento por conta da aspirina. Esse alisamento pode ser repetido a cada 15 dias.

 


 

DESCUBRA O PODEROSO MÉTODO UTILIZADO POR

MAIS DE 7.846 MULHERES PARA RECUPERAR OS

CABELOS SEM PRECISAR IR PRO SALÃO E AINDA

GANHAR DE 3 À 5 CM DE CRESCIMENTO CAPILAR

EM APENAS 30 DIAS!

 

 

Saiba como irá acontecer sua RECUPERAÇÃO CAPILAR!

SIMPLES E DESCOMPLICADO!

Iremos te pegar pela mão e te mostrar o que fazer exatamente a cada dia durante 30 dias, sem enrolação e direto ao ponto garantindo seu resultado nas primeiras semanas! O que você receber é seu pra sempre!

GRUPO VIP E SUPORTE 24 HORAS!

Você encontrará pessoas com os mesmos objetivos e tirará qualquer dúvida com nossos profissionais, além de receber dicas que irão acelerar ainda mais seus resultados! Acesso rápido e sem complicação!

GARANTIMOS SEU RESULTADO!

Não importa o quão danificado estejam seus cabelos! Você receberá técnicas caseiras com resultados profissionais! Nós vamos salvá-lo! Já ajudamos mais de 7 mil mulheres! Você será a próxima!

 

 

Clique aqui para receber um desconto especial através do nosso blog